Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Sem categoria’ Category

É natural que pais, estudantes e sociedade em geral queiram saber quais são as escolas em que muitos alunos estão conseguindo boas pontuações no Enem. Afinal, o exame ganhou grande relevância ao assumir o papel de processo seletivo para universidades federais e ao se tornar um meio para a obtenção de bolsas de estudo em universidades particulares. No entanto, alguns números podem não ilustrar de forma fiel a qualidade da escola ou o quanto ela vai influenciar no ingresso do aluno no ensino superior.

Avaliar escolas do ensino médio é um grande desafio. Primeiro porque, além do background familiar dos alunos, conta também o que eles aprenderam nas escolas em que estudaram anteriormente. Além disso, o formato do Enem não é próprio para avaliar escolas e sistemas por diversas razões. Por exemplo: o exame não é obrigatório, o que faz com que o percentual de alunos que faz a prova seja diferente em cada localidade; e também a motivação para fazer a prova varia dependendo de onde estudam.

Então, como ler os números? Primeiro, é importante procurar informações sobre o perfil dos estudantes atendidos. Se a escola seleciona alunos, isso pode estar auxiliando no resultado. Se ela recebe alunos com resultados ruins no ensino fundamental, isso pode ter influenciado negativamente no resultado divulgado. Procurar entender o motivo pelo qual os alunos de determinada escola fizeram o exame também é importante.

O essencial é ter em mente que ranquear as escolas com base em suas médias traz o risco de análises erradas. Os resultados divulgados talvez possam auxiliar em um filtro inicial de escolas mas, para uma avaliação mais qualificada, é necessária a coleta de muitas outras informações, tanto quantitativas como qualitativas. E, infelizmente, temos poucas informações disponíveis, de modo acessível, para auxiliar na avaliação de escolas do ensino médio, algo em que o próprio Inep e os pesquisadores precisam investir.

* Artigo publicado no jornal O Globo em 26 de novembro de 2012.

Read Full Post »

A seguir post que escrevi no blog da Fundação Lemann sobre o lançamento do portal QEdu.

_

QEdu: Aprendizado em Foco*

Após muitas reuniões, apresentações do portal e workshops é com felicidade que podemos dizer que, finalmente, nasce o QEdu.

Fundação Lemann em parceria com a Meritt trabalhou quase um ano nesse portal para que as milhares de informações disponíveis nos microdados da Prova Brasil pudessem ser de mais fácil acesso e pudessem auxiliar gestores, professores, pais e o público geral. O portal permite que qualquer pessoa, especialista ou não, encontre dados sobre a qualidade da educação de forma clara, interativa e intuitiva, possibilitando conhecer a fundo o desempenho de nossos estudantes e os fatores a ele relacionados.

QEdu tem o objetivo de por meio da apresentação de dados educacionais de uma forma amigável complexificar o debate sobre resultados das avaliações educacionais, auxiliar gestores na tomada de decisões com base em evidências e orientar pais de alunos sobre o aprendizado deles e fatores que o influenciam, para com isso auxiliar para uma melhora no aprendizado dos alunos do país.

E sempre com foco no aluno! Não por acaso o nosso portal foca nos indicadores que apontam o percentual de alunos com aprendizado adequado, que utilizam a definição do Todos Pela Educação e de diversos especialistas de quais pontuações na Prova Brasil indicam um aprendizado adequado à série.

Tendo como fontes a Prova Brasil e o Censo Escolar, o QEdu reúne informações detalhadas sobre cada escola, cidade e estado do país, permitindo desde comparações simples até análises mais aprofundadas. Outro diferencial do portal é a disponibilização de um grande banco de dados sobre o perfil dos estudantes, diretores e professores, e um detalhamento sobre as condições de infraestrutura e matrícula nas escolas.

Abaixo relatos de algumas pessoas sobre o QEdu. Espero que gostem, acessem e que o portal seja útil a todos os interessados na área.

Anna Penido fala sobre o QEdu

Mozart Neves Ramos fala sobre o QEdu

Thiago Feijão fala sobre o QEdu

Alfredo Sandes fala sobre o QEdu

Paula Louzano fala sobre o QEdu

* Publicado originalmente em http://fundacaolemann.org.br/blog/

Read Full Post »

Li ontem um conto que escrevi em 2009 e percebi que com uma provocativa observação ele ficaria contextualizado na discussão sobre o Ideb na escola. O conto é apenas uma ilustração de forma simples e leve de que uma Educação de qualidade depende de muita gente e de muitos fatores (e não apenas das escolas), sendo um texto consideravelmente longo para um post (clique aqui para lê-lo).

A ideia de tornar obrigatório que todas as escolas afixem na entrada a nota do seu Ideb vem sendo bastante discutida, mas antes de continuar a discussão aqui no blog – onde já deixei bem clara a minha posição – gostaria de saber a opinião dos leitores de modo que possamos efetivamente ter um rico debate de ideias.

Vote na enquete e comente a sua posição sobre o tema:

Read Full Post »